Formulário de Contacto

Nome

E-mail *

Mensagem *

RENATO PEREIRA

ACHA ISTO JUSTO?


SÃO AS MIGALHAS,
OS SACRIFICIOS,
OS AFORROS
E AS POUPANÇAS
DOS POBRES,
que fazem as FORTUNAS dos Banqueiros...

EM ÉPOCA DE CRISE,
sempre são sacrificados os pobres poupados
em beneficio dos ricos afortunados…
POR ISSO
BAIXEM OS PREÇOS

BAIXEM OS PREÇOSWebfetti.com
http://baixemosprecos.blogspot.com









portal dos sites

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

O MAR

ovosdouro

O MAR
O mar foi o passado, é o presente e será o futuro de Portugal. Tal como a conquista do espaço foi para os norte americanos a libertação de uma crise económica -pelo celebre NEW DEAL- também Portugal poderá socorrer-se do MAR e da sua exploração e conquista económica, como NOVA OPORTUNIDADE ou Opção de Futuro.Porém terá que planificar tudo e ter o controle estadual de tudo...Tal como na conquista do espaço não é importante saber se a industria que a suporta é privada, c...olectivistica ou publica. ou se agestão dessa empresa privada é publica , colectivistica ou privada..Importa sim é que sejam BOAS GESTÕES...Também não importa o caracter lucrativo imediato..pois o objectivo é o investimento a médio e longo prazo, uma especie de kit de sobrevivencia e conforto das gerações que se vão seguir...Usem o aforro e a poupança dos portugueses nesse novo objectivo palpavel...O MAR...mas planifiquem e criem infra estruturas de suporte em terra...uma industria metalomecânica, uma agricultura moderna e flutuável..uma tecnologia de moldes e placas dos diversos materias plásticos, metais, madeiras, etc, um sistema de suporte em serviços diversos,alimentar, vestuário, documental, transportes, combustiveis, etc...Tudo isso exponenciará Portugal numa tecnologia de Ponta e know -how invejável..que será necessário preservar em direitos autorais, patentes de invenção, segurança tecnológica contra espionagem industrial, et.etc. etc...Um manancial de mão de obra qualificada que certamente absorverá todos os recursos da nossa juventude hoje bastante qualificada...

Ver

Sem comentários:

Siga por correio electrónico

junte-se a nós...

Seguidores