Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

RENATO PEREIRA

ACHA ISTO JUSTO?


SÃO AS MIGALHAS,
OS SACRIFICIOS,
OS AFORROS
E AS POUPANÇAS
DOS POBRES,
que fazem as FORTUNAS dos Banqueiros...

EM ÉPOCA DE CRISE,
sempre são sacrificados os pobres poupados
em beneficio dos ricos afortunados…
POR ISSO
BAIXEM OS PREÇOS

BAIXEM OS PREÇOSWebfetti.com
http://baixemosprecos.blogspot.com









portal dos sites

sábado, 29 de agosto de 2009

SUB-RECTUS insultuoso

lixo 

A “Cosmética Politica”,chama-se a mordaçar

de consciências…Claro que algo cheira muito mal

no interior dos partidos, de “todos eles”…

com maior ou menor democracia interna…

O Legislador não se soube impor e normativizar

adequadamente , não só na limitação dos mandatos

que assume particular aquidade a nível autárquico…

Quando quer o legislador adequa o normativo á aplicabilidade

imediada da lei…não foi o caso da lei da limitação dos mandatos…

Claro que não estou aqui acondenar ninguém dos candidatos

ou eleitos locais, que continuam a candidatar-se…

Se fosse vivo, Salazar tambem poderia o fazer,

se o excesso de idade o não proibisse…

Mas se um candidato a Presidente da republica não pode ter um terceiro e

um quarto mandato consecutivo, mas apenas intercalar esses mandatos

porque razão esse principo de “defeso” politico não é igualmente aplicável

aos demais cargos politicos de candidatura e eleição directa por sufrágio universal?

E já agora porque não pode cada eleitor votar nos candidatos autárquicos propostos

nominalmente enão por listas…É que o antónio x , último da lista do partido w

pode até ser melhor aos olhos de cada eleitor nessa lista para presidente ou

deputado do que aquela “avantesma”(passe a expressão…)

que o partido “vai-se lá saber porquê”

escolheu para cabeça de lista…

Claro que comportamentos desses

( E é muito dificil aos partidos elaboral listas de candidatos,e

internamente é um martirio para quem tem esse

honrosos dever dentro da máquinas partidárias…)

não deixam de ser subreptciamente insultuosos

para os eleitores votantes que não podem escolher

o prato que vão provar, mas apenas podem comer

o prato que lhes apresentam. a mais das vezes nada apetecível…

ou as “coisas” mudam rápidamente ou..não sendo o voto obrigatório

cada vez mais o Reino se despovoará em dia de eleições

e os abstensus serão a maioria efectiva…

terça-feira, 25 de agosto de 2009

why

why

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O DESENVOLVIMENTO DAS FREGUESIAS

CDS PP Póvoa de Varzim - Candidatos

O CARTAZ…

a foto abaixo nasceu hoje em frente à minha varanda…

pena que o CDS não tivesse optada por brindar às quotas “pour les femmes”…

porém ainda bem que não é o cartaz da “Manuela” ..Uf que alivio… e

que susto seria todas as manhãs…Assim sempre posso enviar ao Jorge Quintas

um manguito todas as manhãs que acordar chateado ou um olá nos dias de Sol…

Eis o cartaz:

DSCN0542

domingo, 23 de agosto de 2009

O ABSTENSUS

 

DESPERDIÇA O SEU VOTO …

abstensus

sábado, 22 de agosto de 2009

DESPORTO CONCELHIO

C.C.C. O Comité Concelhio de Colectividades

PPATL – plano de promoção de atletismo

e outros planos….

ppatl001

            O Comité Concelhio de Colectividades, surgiu na sequência de reuniões informais ente associações que participavam de iniciativas desportivas, recreativas e culturais á escala do concelho e que se não reviam na Organização do Futebol Popular pois dispunham de outras modalidades quer desportivas quer culturais, entre elas o Ténis de mesa e o atletismo, par além do folclore, teatro e outras…além de que também não se sentiam á vontade comos termos ém que lhe era apresentado o auto intitulado “futebol popular”, nomeadamente as arbitragens e as pesadas multas que levavam grande parte dos subsidios obtinos diurante os anos…

         No entanto e apesar dos “esforçados” esforços colectivos nunca conseguiu medrar no concelho uma “federação concelhia de colectividades  que albergasse outras actividades que não o futebol…

         E nesse sentido o Futebol Concelhio, em virtude da sua forma organizacional acritica e autoorganizada à margem do controle colectivo total das associações a que se dirige tem sido castrador do desenvolvimento harmonioso e popular de outras actividades quer culturais quer desportivas, para onde muitas associações do concelho estão mais vocacionadas, além de que sendo perdominante a profusão de grupos de futebol nas areas populosas citadinas-mormente  a freguesia da Póvoa de Varzim, forçam as outras freguesias que dispõem de campos de futebol e instalações próprias ou cedidas a partilhar com aqueles os seus espaços, causando perturbação, sobre utilização e até prejuizos vários ás associações das freguesias, não permitindo o seu desenvolvimento mais pacifico e harmonioso…

      Meritório tem sido porém o esforço  a associação de futebol que gere o interfreguesias, no estrito sentido do desenvolvimento da modalidade a que se refere, embora se possam apresentar algumas ineficiências mais resultantes dos intervemnientes da referida modalidade (dirigentes, arbitros, jogadores, e publicos)do que do ponto de vista organizacional e logistico…

     Meritório também o trabalho da entidade que gere o Atletismo popular e o Ténis de Mesa popular…

      Acreditamos e sabemos que o Pelouro do Desporto da Póvoa de Varzim ao longo de muitos anos tem vindo a desenvolver um vasto trabalho, de cuja génese nós aqui hoje criticos também fizemos parte…nõa pactuando contudo como apoio a infra estruturas de carácter profissional quer no ãmbito recreativo quer desportivo por entendermos- que o profissional do desporto- não deve ser apoiado pelas verbas desportivas mas sim por aquelas que sejam destinadas ao espectáculo, ao exemplo do teatro profissional, do cinemaprofissional e da tauromaquia…

terça-feira, 18 de agosto de 2009

“DISPARATES DE VERÃO”

 

DSCN0527

DSCN0532

DSCN0528

Technorati Marcas:

DSCN0530

domingo, 16 de agosto de 2009

Ontem, hoje e amanhã

 

por952   6
por911 PIC00002
argiv   img2 (2)
P35 PI005
26w   gvs003
barata   PIC00024
L19   PIC00017
at19   t2

A Badalhoca e a Pulítica gostam é do Verão…

 

PORTUGAL

televisa

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Será que não são supérfluos e dispensáveis?

 DSCF0069

São “laranjas” ao “poleiro” de Argivai…

e não vemos em nenhum qualquer “mais valia”

..mas vamos dar-lhe a oportunidade de

participarem na “oposição” coisa que

eles não sabem dar aos outros…

…………………………………………………………………….

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

HABEMUS CIRCUS

argivai1

argivai2

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

PSICO-POLITICA LOCAL

Ainda a questão das quotas para mulheres…

versus mulheres kotas…

pass

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Proposta à Assembeia de Freguesia de Argivai –pela UEA- Eng. Adelino Braga

  

 

 image

 

 

 

terça-feira, 4 de agosto de 2009

O “Camarada” ARNALDO PIMENTA

– é um tipo fixe…”porém”é dragão fanático…

- é um ex combatente…

- é candidado a “presidente da junta de argivai” …

- é um válido elemento da oposição ao “poder laranja”

-é uma mais valia para a cidadania local

PIC00033 (2) 3011

sábado, 1 de agosto de 2009

A PARÁBOLA DO MARACUJÁ

 

 MARACURM1
A parábola do maracujá cabe aqui perfeitamente...

          Num pé de maracujá está um maracujá - se tivesse consciência o maracujá sabia que existia...

          Passa o 1º homem e olha para o pé de maracujá e como este está coberto por folhas atendendo ao ângulo por onde espreita  não o vê...

          Passa o 2º homem e vê um maracujá... 

           Encontram-se mais adiante e falam do pé de maracujá e teimam entre si que não existe nenhum maracujá nele, e que existe pelo menos um maracujá nele...
           Um 3º homem, que escuta a teima/discussão vai ao pé de maracujá e colhe o maracujá e vem a dirigir-se para o grupo para assim acabar a discussão.

           Entretanto, o 1º e o 2º homem concordam em regressar ao pé de maracujá  para confirmar quem tem razão...

          O 2º homem face á ausencia de qualquer maracujá no pé de maracujá rende-se à evidência de que no pé de maracujá não existe maracujá nenhum e dá razão ao seu adversário...

        Cruzam-se de seguida com o 3 ºhomem, que lhes mostra o maracujá colhido entretanto daquele pé de maracujá e nem o 1º, nem o 2º homem, acreditam que aquele maracujá que ele tem na mão tenha sido entretanto colhida daquele pé de maracujá...

moral da história:
quem diz a verdade passa muitas vezes por mentiroso...

Siga por correio electrónico

junte-se a nós...

Seguidores